Síndrome de Fragilidade do Idoso

Síndrome de Fragilidade do Idoso


A fragilidade é uma condição física tipicamente observada em pessoas idosas, caracterizada por uma perda gradual e crescente da função ou das reservas de múltiplos sistemas fisiológicos, que aumentam a vulnerabilidade e incapacidade de manter ou recuperar a homeostase após uma ocorrência desestabilizadora, como exemplo febre, infecção, cirurgia, quedas e alterações da homeostase devido a terapias farmacológicas. 

Então, a fragilidade pode ser considerada uma condição biológica caracterizada por baixa resistência e resposta ao estresse, como consequência de um declínio geral que inclui múltiplos sistemas e órgãos. 

Os sinais clínicos de fragilidade são: perda de peso corporal, sarcopenia, osteoporose, declínio da atividade física, redução do equilíbrio e da velocidade da marcha, redução da função cognitiva e alteração do estado nutricional. Assim, a fragilidade determina um alto risco para atividades reduzidas da vida diária, para doenças cardiovasculares, cânceres, quedas, mobilidade limitada e aumenta o risco de hospitalização e mortalidade.




 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

25 perguntas sobre osteoporose

Manual do Cuidador de Idosos

Minha foto
Prefrati - Prevenindo Quedas e Fraturas em Idosos
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Prevenindo Quedas e fraturas em Idosos