Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2019

25 perguntas sobre osteoporose

Imagem
1) O que é osteoporose ?R. A Osteoporose é a perda da massa óssea, porém além da perda do cálcio pelo osso esse também sobre uma transformação estrutural. Essas alterações deixam o osso mais fraco, esse osso pode sofrer fraturas com pequenos traumas ou até mesmo fraturas espontâneas. Nesse caso o osso funciona com a coluna de um prédio que falha e o prédio desaba. 2) A partir de que qual faixa etária surge OSTEOPOROSE no homem e na mulher? R. A osteoporose ocorre na mulher em geral no pós menopausa ( a menopausa é a última menstruação da mulher – a primeira menstruação tem o nome de menarca – o período que se segue após a última menstruação é chamado de pós menopausa). Porém também pode ocorrer em mulheres jovens. No homem a osteoporose ocorre mais tarde, não existe uma idade certa para início da osteoporose, porém em geral nossa massa óssea aumenta do nascimento até os trinta anos, fica estável dos 30 aos 40 anos e começa a diminuir após os quarenta anos. O ritmo dessa diminuição é em ge…

Sarcopenia em Paciente Diabético

Os diabéticos têm um risco aumentado de perda da mobilidade e força muscular relacionadas ao controle da doença.  A sarcopenia é a redução da massa muscular associada à diminuição da força e / ou performance muscular, resultando em pior morbidade nas doenças crônicas.Diabetes mellitus é uma doença crônica caracterizada por aumento do açúcar no sangue, causada por defeitos na secreção ou ação da insulina. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, existem mais de 13 milhões de diabéticos no Brasil, o equivalente a 6,9% da população do país. A prevalência global é estimada em 387 milhões de adultos, com idades entre 20 e 79 anos. Mais de 90% dos casos correspondem a diabetes mellitus tipo 2, caracterizada por resistência à insulina com baixa produção hormonal e que ocorre em geral em pacientes mais velhos .  A hiperglicemia crônica causa danos à microcirculação, o que prejudica o funcionamento de vários órgãos e tecidos e predispõe a complicações crônicas. Essas complicações são decorren…

Manual do Cuidador de Idosos

Imagem
Manual do Cuidador de Idosos  Frente ao Idoso Frágil e Quedas em Casa      As mudanças que ocorrem com o envelhecimento podem levar a problemas de mobilidade ou à incapacidade de movimentação de uma pessoa. Os problemas de mobilidade podem ser dificuldade de caminhar, dificuldade de sentar e levantar de uma cadeira ou problemas de saúde que provoquem quedas. Existem condições comuns em pessoas idosas que podem contribuir para problemas de mobilidade, como fraqueza muscular, problemas nas articulações, dor, doenças neurológicas (cérebro e sistema nervoso), problemas de visão, audição e uso de medicações que diminuam o equilíbrio. Às vezes, vários problemas leves ocorrem ao mesmo tempo e se combinam para afetar seriamente a mobilidade. O maior problema de mobilidade que os idosos experimentam é a quedaQuedas resultam em ossos quebrados, contusões e medo de cair. Os ossos de pessoas mais velhas se quebram mais facilmente que os ossos de pessoas mais jovens e curam-se mais lentamente e em…

Quais idosos estão em risco de sofrer uma fratura devido a fragilidade ?

Como identificar o idoso com síndrome de fragilidade Óssea?   Perda de peso,Astenia, Lentidão, Menor atividade física, Menos Energia.
As 5 características para identificação da síndrome da fragilidade: Fraqueza - Astenia (avaliada pela força de preensão), Lentidão (avaliada pela velocidade da marcha), Diminuição de atividade física, Energia reduzida (autorreferida), e Perda involuntária de peso corporal. A presença de uma a duas características aponta para uma condição pré-frágil, enquanto três ou mais indicam uma síndrome de fragilidade

#idosofrágil


Clique aqui para continuar lendo ....

Por que é importante prevenir fraturas em pacientes Idosos ?

As estatísticas mostram que 30% dos idosos irão cair pelo menos uma vez por ano. Em 5% desses casos, haverá uma fratura, mais comumente no fêmur, vértebras, punho ou ombro.

Continuar lendo ...

Sarcopenia: A visão do fisioterapeuta

O envelhecimento pode ser caracterizado como um processo contínuo de remodelação e perda progressiva de diversas capacidades fisiológicas, com diferentes magnitudes e singularidades nos distintos sistemas, sendo dependente da exposição fenotípica de inúmeros fatores ambientais, além da carga genética que culmina em morte (RASO, 2007). 
Com o envelhecimento da população mundial, vem se tornando comum observarmos aspectos que o acompanham, na maioria das vezes, como a sarcopenia. Vale lembrar que a sarcopenia corresponde à perda de força e massa muscular, que pode estar relacionada diretamente com a idade e a redução de atividade física.  Em algumas situações ela pode ser secundária a outras condições como desnutrição, imobilizações e doenças inflamatórias. A sarcopenia compromete a qualidade de vida e função de pessoas doentes porém também acomete pessoas saudáveis  em todos os seguimentos da comunidade, que dizer, pode acometer pessoas acamadas ou não, hospitalizadas ou não. 
“A sarcopen…
Minha foto
Prefrati - Prevenindo Quedas e Fraturas em Idosos
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Prevenindo Quedas e fraturas em Idosos