Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2019

Sarcopenia em Paciente Diabético

Os diabéticos têm um risco aumentado de perda da mobilidade e força muscular relacionadas ao controle da doença.  A sarcopenia  é a redução da massa muscular associada à diminuição da força e / ou performance muscular, resultando em pior morbidade nas doenças crônicas. Diabetes mellitus é uma doença crônica caracterizada por aumento do açúcar no sangue, causada por defeitos na secreção ou ação da insulina.  Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, existem mais de 13 milhões de diabéticos no Brasil, o equivalente a 6,9% da população do país.  A prevalência global é estimada em 387 milhões de adultos, com idades entre 20 e 79 anos.  Mais de 90% dos casos correspondem a diabetes mellitus tipo 2, caracterizada por resistência à insulina com baixa produção hormonal e que ocorre em geral em pacientes mais velhos .  A hiperglicemia crônica causa danos à microcirculação, o que prejudica o funcionamento de vários órgãos e tecidos e predispõe a complicações crônicas.  Essas complicaçõe

Quais idosos estão em risco de sofrer uma fratura devido a fragilidade ?

  Como identificar o idoso com síndrome de fragilidade Óssea?    Perda de peso, Astenia, Lentidão, Menor atividade física, Menos Energia. As 5 características para identificação da síndrome da fragilidade: Fraqueza - Astenia (avaliada pela força de preensão), Lentidão (avaliada pela velocidade da marcha), Diminuição de atividade física, Energia reduzida (autorreferida), e Perda involuntária de peso corporal. A presença de uma a duas características aponta para uma condição pré-frágil, enquanto três ou mais indicam uma síndrome de fragilidade #idosofrágil Clique aqui para continuar lendo ....

Por que é importante prevenir fraturas em pacientes Idosos ?

As estatísticas mostram que 30% dos idosos irão cair pelo menos uma vez por ano. Em 5% desses casos, haverá uma fratura, mais comumente no fêmur, vértebras, punho ou ombro. C ontinuar lendo ...

Sarcopenia: A visão do fisioterapeuta

O envelhecimento pode ser caracterizado como um processo contínuo de remodelação e perda progressiva de diversas capacidades fisiológicas, com diferentes magnitudes e singularidades nos distintos sistemas, sendo dependente da exposição fenotípica de inúmeros fatores ambientais, além da carga genética que culmina em morte (RASO, 2007).  Com o envelhecimento da população mundial, vem se tornando comum observarmos aspectos que o acompanham, na maioria das vezes, como a sarcopenia . Vale lembrar que a sarcopenia corresponde à perda de força e massa muscular, que pode estar relacionada diretamente com a idade e a redução de atividade física.  Em algumas situações ela pode ser secundária a outras condições como desnutrição, imobilizações e doenças inflamatórias. A sarcopenia compromete a qualidade de vida e função de pessoas doentes porém também acomete pessoas saudáveis  em todos os seguimentos da comunidade, que dizer, pode acometer pessoas acamadas ou não, hospitalizadas ou não. 
Minha foto
Prefrati - Prevenir Quedas e Tratar Fraturas
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Missão: Prevenir Quedas e Tratar Fraturas