Obesidade, Sarcopenia e Doença Cardíaca

A redução da massa e força muscular com um aumento correspondente da massa gorda nos idosos pode aumentar sinergicamente o risco de doenças cardiovasculares. Durante o envelhecimento, a massa gordurosa aumenta e sua distribuição muda com a diminuição da gordura subcutânea e um aumento da gordura visceral, levando a uma nova entidade nosográfica denominada obesidade sarcopênica


A distribuição de gordura alterada observada em idosos e / ou obesos é, de fato, caracterizada por infiltração de gordura intermuscular e intramuscular, ambas associadas a declínio da função muscular e de mobilidade e são consideradas preditores de fragilidade e várias comorbidades como resistência à insulina, diabetes, doenças cardiovasculares, acidente vascular cerebral, lesão da medula espinhal e doença pulmonar obstrutiva crônicaO mecanismo pelo qual a gordura intermuscular e intramuscular influencia negativamente a função muscular é na verdade desconhecido.  Como consequência da infiltração de músculo adiposo, as unidades motoras sofrem desnervação e as fibras musculares rápidas do tipo II mudam para fibras lentas do tipo I, levando à diminuição da massa e força muscularUm estudo recente  Kenneth Rockwood et al. mostram que pacientes mais velhos que foram submetidos a treinamento de resistência estendido de alta intensidade após fratura de quadril melhoraram a massa muscular e a força do quadríceps, enquanto a gordura intramuscular permaneceu inalterada.
#ObesidadeSarcopênica








 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

25 perguntas sobre osteoporose

Manual do Cuidador de Idosos

Minha foto
Prefrati - Prevenindo Quedas e Fraturas em Idosos
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Prevenindo Quedas e fraturas em Idosos